Vestibular 2021
Anucie
 
Voce está navegando em:
HOME / NOTICIAS / LER NOTICIA
TCM poderá tornar prefeitos inelegíveis
21/07/2015   

A partir de decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) terá um "poder de fogo" maior ao julgar as próximas contas de prefeituras baianas, relativas a 2014.
O TSE concluiu que, nos casos em que prefeitos agem como ordenadores de despesas, as contas não se sujeitam ao julgamento final das câmaras municipais, basta a análise pelos tribunais de contas.
Na prática, isso significa que os tribunais regionais eleitorais poderão definir se um gestor está ou não inelegível a partir do que apontarem os tribunais de contas no julgamento das finanças. Antes, o TSE considerava que as decisões a serem consideradas eram as das câmaras municipais, responsáveis por julgar o parecer prévio emitido pelos tribunais de contas.
Para que o gestor fique inelegível, entretanto, a irregularidade observada pelo TCM deverá ser algum ato que configure improbidade administrativa. Além disso, em alguns municípios - sobretudo nos maiores - a tarefa de ordenador de despesas é pouco desempenhada pelo prefeito, que acaba delegando a função a secretários.

 
 
 
Untitled Document
Destaques
Canais
Contato
EDUCAÇÃO
CULINÁRIAS
SAÚDE
DESTAQUE
POLÍTICA
LOCAL
EVENTOS
FESTAS
TEATRO
ACADEMIAS
TURISMO
RESTAURANTES
LAZER
CLASSIFICADOS
Soundcloud
Facebook
Quem Somos
Anuncie aqui
Cadastre seu evento
Trabalhe conosco
Fale conosco