Voce está navegando em:
HOME / NOTICIAS / LER NOTICIA
Ações da Codevasf beneficiam população de Paramirim, no Médio São Francisco baiano
21/06/2017   
 


Construção de poços artesianos e de aguadas estão entre as medidas que têm facilitado a convivência com a seca
A população do município de Paramirim, no Méd o São Francisco baiano, está sendo beneficiada por múltiplas ações da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) voltadas a desenvolver o município e facilitar a convivência com a seca. Paramirim tem cerca de 22 mil habitantes.
Foram investidos recentemente R$ 943 mil em perfuração de quatro poços artesianos; mais de 500 horas/máquina para construção de aguadas; um veículo utilitário; uma caçamba trucada; 100 kits de irrigação; 13 reservatórios de 10 mil litros; 89 reservatórios de cinco mil litros; 50 reservatórios de 500 litros; e 15 mil metros de tubos. Os recursos são originários do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por meio de emenda parlamentar.
“Essas ações são muito importantes para a nossa população, principalmente a rural.
Temos uma visão de reduzir as diferenças sociais em nosso município, que fica no semiárido baiano, e todas essas ações promovem novos meios de vida para a população rural, justamente ajudando nessa redução”, afirma Gilberto Brito, prefeito de Paramirim.
Com as 533 horas/máquina, o município está construindo cinco aguadas públicas de grande capacidade de armazenamento de água nas comunidades de Pageú do Cipó, Conceição, Alagadiço, Grama e Fundão dos Cardoso. As aguadas reforçarão o acesso a água para as famílias locais, e promoverão atividades agrícolas e pecuárias – e, consequentemente, geração de renda.
“As ações possibilitam que o homem do campo tenha água em suas casas. Kits de irrigação, reservatórios, tubos e poços servirão para criar hortas comunitárias e sistemas de abastecimento de água. Iremos difundir por comunidades bem carentes.
Nosso objetivo é aumentar a porcentagem de alimentos oriundos da agricultura familiar na merenda escolar para cerca de 90%. Conseguindo essa meta, teremos motivo de grande alegria”, diz o prefeito.
De acordo com Renato Lopes, chefe da Unidade Regional de Estudos e Projetos da 2ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Bom Jesus da Lapa (BA), as ações têm o objetivo de impulsionar o desenvolvimento das populações rurais, com mais conforto, qualidade de vida, acesso a água e oportunidades de geração de renda.
“A construção de aguadas também irá permitir um maior acúmulo de água para dessedentação animal. E os equipamentos terão grande utilidade na recuperação de vias vicinais, garantindo melhores condições para escoamento de produções e deslocamento da população para a sede do município, em busca da saúde eeducação”, diz Renato Lopes.   


 
 
 
Untitled Document
Destaques
Canais
Contato
REGIONAL
OPINIÃO
CULINÁRIAS
TENDÊNCIAS
DESTAQUE
CULTURA
GASTRONOMIA
RESTAURANTES
TURISMO
TEATRO
HOTÉIS
ACADEMIAS
CLASSIFICADOS
LAZER
Soundcloud
Facebook
Quem Somos
Anuncie aqui
Cadastre seu evento
Trabalhe conosco
Fale conosco